Para fugir já!

By sábado, novembro 28, 2015


Descobrimos a Quinta do Cerqueiral através da Odisseias numa tentativa de escapadela / fuga do mundo e, sinceramente, esperávamos uma coisa simples. Bastava-nos estar numa região bonita como o Minho, estar longe de tudo e relaxar. Mas fomos parar a uma antiga propriedade de um caseiro, completamente restaurada. A Dra. Lucinda recebeu-nos com aquela simpatia própria das gentes do Norte e pediu-nos desculpa (imaginem só!) por a casa só ter quatro canais. Ok, bem vistas as coisas, com uma vista daquelas sobre as vinhas e a quinta-mãe, uma piscina maravilhosa (que agora não pode ser usada, mas não interessa), e tanto para descobrir em volta, talvez só mesmo isso pudesse preocupar-nos.  



Eu não devia falar muito deste sítio porque gostava de o conservar só para mim, de o fazer um segredo só nosso. Mas a simpática dona da casa e a família merecem que eu partilhe e que deixe que outros vivam esta casa, respirem os seus ares e acrescentem também páginas à sua história. 











É no meio de uma aldeia nos arredores de Arcos de Valdevez que se entra por um portão de ferro. Cá dentro, a relva envolve uma casa sustentada em pedra, de rebordos cor de vinho que apelam à tradição vinícola e da região. Com uma sala grande e uma cozinha totalmente equipada, no primeiro andar há três quartos que podem ser alugados individualmente. Nós, ficamos com a casa só para nós. Tudo muito branco, mas com apontamentos de cor e uma decoração estilo “Home Lovers”, vocês sabem do que falo…Aqui, privilegia-se o desafogo e o conforto minimalista num twist mais que perfeito com a tradição.


Esta casa de turismo rural, um pequeno paraíso escondido, onde as horas passam a uma velocidade alucinante tão bem que se está. Almoçámos numa mesa montada com um chapéu-de-sol num terraço mesmo à beira da piscina e por ali ficámos, a beber um vinho branco junto à piscina e a ler eu "O marido ideal" de Oscar Wilde, ele "A casa vermelha" de Mark Haddon até à hora de andar a cavalo (aventura que vos contarei noutro post). O tempo ainda permitia almoços à beira da piscina, mas na região não faltam atividades, quer seja visitar a serra, conhecer Arcos de Valdevez, ir provar a gastronomia local ou os vinhos, andar de btt ou fazer canoagem…Do meu lado, fica a promessa mais do que garantida de regressar à Casa do Cerqueiral com tempo para que os canais de televisão se tornem efectivamente um problema.




You Might Also Like

1 comentários

Welcome to our website !