Mentes brilhantes

By segunda-feira, julho 27, 2015

Apesar de gostar muito da Disney, há bastante tempo que não via um filme que me surpreendesse tanto: Inside Out ou, em português, Divertida...Mente. Traduções à parte, o filme é incrível do princípio ao fim e damos por nós, constantemente, não só a pensar que faz imenso sentido, como também a imaginar o nosso cérebro naquele cenário e sobre aquela perspectiva. Mas para quem não viu, não se preocupem que não vou estragar a história.


Primeiro que tudo, deixem-me dizer que estamos perante um filme totalmente indicado para crianças, logicamente, mas ainda mais adequado para pais e graúdos. A história gira em torno de uma menina de 11 anos e dos seus dilemas que são vistos a partir de dentro, naquela que é uma fase turbulenta e cheia de mudanças, que ajudará a definir sua personalidade. É assim a pré-adolescência não é? De facto, esta longa-metragem traz para primeiro plano as nossas emoções que se assumem como personagens principais da história. Alegria, Tristeza, Medo, Raiva e Repulsa. Estas personagens foram criativamente desenvolvidas ao ponto de nos passarem mensagens importantes e de deixarem inclusive alguns “recados”, como por exemplo o uso em excesso de coisas que contêm as nossas emoções, como por exemplo os antidepressivos. 




O filme que, quando apresentado a 18 de Maio em Cannes, recebeu uma ovação da imprensa internacional de mais de dez segundos de pé, não precisa de mais elogios… Para quê? Está nos cinemas e, quem ainda não viu, pode e deve vê-lo!


You Might Also Like

1 comentários

  1. Tenho de ver este filme ainda esta semana. Sou fã assumida da Disney e, pelo que tenho lido, este filme parece-me ter algo especial que já não vê há muitos anos.

    Marta Rodrigues, Majestic

    ResponderEliminar

Welcome to our website !