Smells like trouble to me...

By segunda-feira, junho 15, 2015


Sou uma pessoa muito sensível a perfumes. Lembro-me de ter sido promotora, por um dia, do Midnight Poison e de ter chegado a casa completamente enjoada. E a minha mãe que usou o Rive Gauche, anos e anos? Tenho a certeza (não sei se o perfume ainda existe, mas que consigo identificá-lo, de olhos fechados, e quase senti-lo se me concentrar... cheira a mãe! Também ainda consigo sentir o cheiro (nitidamente) a torradas e a café, da cafeteira de barro da casa dos meus avós...De facto, o olfacto é um dos sentidos que mais está relacionado com as nossas memórias e ligado ao lado emocional o que o torna, também, muito pessoal e próprio. E cada perfume pode ser associado a uma coisa completamente diferente para cada um de nós. 



Tudo isto para dizer que, no outro dia, num workshop da Equivalenza com a perfumista Mylène Thioux fomos desafiadas a fazer a nossa fragrância. Eu confesso que me perdi completamente com tantas notas e acordes e que de maestro desta arte tenho mesmo muito pouco!





É por estas e por outras que é possível dirigirem-se a uma loja Equivalenza e encontrarem perfumes bastante mais acessíveis, de marca própria e com uma qualidade muito elevada. A segmentação vai ajudar-vos a que não se percam e a filosofia da empresa também, já que a marca esta focada no aconselhamento e na personalização que acaba por orientar a pessoa em função dos seus gostos. Eu, por exemplo, sei que gosto mais de notas frutadas e de aromas doces, logo será qualquer coisa por aí...




E vocês, conhecem a marca, já experimentaram alguma coisa?

You Might Also Like

2 comentários

  1. Adoro os perfumes da Equivalenza. São excelentes e bastante acessiveis.

    Marta Rodrigues, Majestic

    ResponderEliminar
  2. Por acaso nunca experimentei, mas já ouvi falar imenso :)
    O workshop deve ter sido mesmo giro!

    ResponderEliminar

Welcome to our website !