Encontros e reencontros

By segunda-feira, janeiro 06, 2014

Encontros e reencontros. A vida é feita deles. De tempo e de minutos contados, nas palavras que ficam por dizer suspensas na garganta,  até um novo momento de alinhamento cósmico que nos permita estar juntos. E assim, partiste mais uma vez. E por muito que vire hábito, nunca me vou habituar a despedir-me de ti e a adiar-nos. A cidade continua a clamar por ti nas marcas que deixas imponentemente impressas, um pouco por todo o lado. O meu coração continha a disparar nas ruas, nos rastos, nos cheiros e (quem diria!) nos anúncios e nos restaurantes. Apesar de estares longe, continuas a fazer-nos sentir-te. E sei que já tenho voo marcado e tempo comprado para voltar aos teus braços. Mas não é por isso que hoje dói menos, e que amanhã custa ainda mais na urgência de te conservar e no aperto do peito pequeno de saudades. No medo de que um outro destino se te afigure mais certo. Adoro-te meu amor e todas as "estações e apeadeiros" de Lisboa e relógios do Mundo mo relembram.

You Might Also Like

1 comentários

Welcome to our website !