Perdidos & Achados

By quarta-feira, outubro 30, 2013 , , , ,

Dizem que em média, gastamos meia hora, todos os dias, à procura de pequenas coisas. Se é verdade ou não para a maioria das pessoas, para mim, pelo menos, é! Só não perco a cabeça por sorte. Já que chaves, carteira, cartões, telemóvel, agenda, ando sempre à procura deles... Uma vez andei uma semana que nem louca a tentar encontrar as minhas chaves de casa. Quando ia fazer umas novas (e tinha decidido não dizer ao meu pai pois além de ouvir que sou uma irresponsável, ele iria fazer todo um filme de mudar as fechaduras) onde fui descobri-las? Perguntem-me! No chaveiro! Comprei um chaveiro mas nunca pensei usá-lo e, no dia em que num rasgo de bom senso o usei, nunca mais me lembrei de tal...
Acho que foi a pensar em casos como o meu que João Oliveira e Luís Certo, Engenheiros Informáticos e Cassandra Carvas e Miguel Gomes, criaram uma Lapa. Já imaginaram se uma simples espécie de conchinha vos permitisse encontrar e localizar em segundos aquilo que mais costumam perder e que é super importante? A app comunica com a Lapa através de Bluetooth 4.0 num raio de 30m. Existe o modo de segurança que permite que o telemóvel ou tablet dê sinal se nos estivermos a afastar do objecto (ou se o roubarem). Se ainda assim o perdermos, a última posição conhecida fica gravada e é possível reportá-lo como perdido e outros utilizadores lapa podem ajudar-nos a encontrá-lo através de GPS. Mas nada melhor que o vídeo para vos explicar do que falo.
A Lapa é nas palavras de João Oliveira, “a primeira rede social de perdidos e achados”. Além de todas os objectos que a Lapa pode ajudar a encontrar ou a prevenir que se percam, pode ainda ser colada em animais e pessoas. Já pensaram naquelas ocasiões em que não nos conseguimos encontrar com os nossos amigos nos festivais?  Digam lá se também não vai para a vossa lista de natal?

You Might Also Like

0 comentários

Welcome to our website !