Dizem que é de família

By terça-feira, agosto 13, 2013 , ,

Já aqui inúmeras vezes vos contei das minhas peripécias e distrações. Mas ao que parece pode existir uma explicação “genética” para o meu caso, muito embora não pareça existir uma solução à vista. Desde que conheço o meu pai que me lembro dele a partir candeeiros, bibelôs, copos, tudo o que estivesse por perto. A minha mãe até dizia que ele parecia um elefante numa loja de cristais, pois para onde quer que se virasse provocava um acidente. Chegou mesmo a ponderar fazer um daqueles seguros por causa de danos frequentes causados. E ontem, achou que a janela estava aberta e resolveu estender a roupa, mas contra o vidro. Claro que a janela se partiu em mil pedacinhos e foi à vida. Já ele, ficou apenas com um mero arranhão. Espero que a parte da sorte também venha nos meus genes…

You Might Also Like

1 comentários

Welcome to our website !