Resumo do meu desaparecimento #2: Night & Day

By domingo, maio 26, 2013 , , , , , ,

Sempre que o anúncio passava na rádio, lá vinha o arrepio. Gosto muito de The XX e embora já tenham vindo a Portugal algumas vezes, ainda não tinha tido oportunidade de os ver. Desta vez, pensei logo: é desta! As expectativas estavam muito altas e temia que saíssem defraudadas.


Cheguei a meio do concerto dos Chromatics, o almoço de Dia da Mãe não deixou ser mais cedo. A voz desta senhora é incrível e se "só por ela já valia a pena" o ambiente pré-festival que se sentiu na zona de Belém, o Rio Tejo como pano de fundo e o soberbo concerto dos The XX que se seguiu, mostraram que neste tipo de coisas podemos sonhar. Com artistas como estes as cortinas estão abertas para o espectáculo. O festival que os músicos londrinos idealizaram começou em Lisboa e o tempo ajudou ao chill out. Os efeitos de luzes (estilo raios laser para o céu) trouxeram as nuvens quase à nossa cabeça. Os apaixonados estavam no clima certo e eu também me derreti.
 
Os The XX provaram que estão cada vez mais completos (tocam, cantam e ainda produzem). A Everything is New tratou do resto e fez acontecer mais um festival ao nível a que já nos acostumou. Faltam apenas mais barraquinhas de bebidas que há sempre filas gigantes...
Percebi que não só estamos preparados, como desejosos que chegue a época festivaleira. Bastou ver pela quantidade de gente de calções, de chapéus, ou mesmo pelas gargantas afinadas e alinhadas. O warm-up está feito, quem esteve por lá? Que festivais têm nas vossas agendas?
.
Podem ver o filme que os próprios The XX produziram do festival, aqui

You Might Also Like

1 comentários

  1. O concerto foi brutal e o ambiente estava ótimo! Adorei!

    ResponderEliminar

Welcome to our website !