ModaLisboa TRUST – Winter 2014

By sábado, março 30, 2013 , , , , , , , ,

Sábado (já foi há uns quantos atrás) foi dia de dar um salto à Moda Lisboa. Entretanto, também estive no Portugal Fashion pelo que brevemente vos porei a par de tudo. É no Pátio da Galé que as tendências dos criadores portugueses são reveladas sob o olhar atento dos curiosos. A 40º edição da Moda Lisboa vem com Trust, ou não fosse a confiança a chave de tantos anos de edições e a ponte para mais uma data de sucessos. É também a confiança que deve dominar os nossos estilistas nacionais que no cenário actual se têm que reinventar, ariscar e ousar. Não seria eu se tivesse chegado a horas pelo que comecei por um gofre, perto do Museu da Moda e do Design, enquanto esperava pelo desfile seguinte. Foi um bom aquecimento (calórico)!
Antes dos desfiles, ainda houve tempo para tirar algumas fotografias, não esquecendo o cão mais trendy da MLX. Depois disto, estavam reunidas as condições para os desfiles seguintes.


Pedro Pedro trouxe um lado andrógeno que gosto muito de ver na moda, mas que apenas pode ser utilizado com mulheres de atitude e confiantes na sua feminilidade. The Proud Rebel foi o nome da colecção inspirada no Western Americano. 
Simultaneamente moderna e minimalista, tribal e ocidental, a linha trouxe silhuetas XL e tons terra, camel e verde dominados pelo black & white. O resultado? Pocahontas urbanas que é  o mesmo que dizer mulheres cosmopolitas que usam roupas sóbrias  e que não precisam de grandes extravagâncias para serem notadas na sua elegância. Gostei muito do estilo no geral e dos sapatos no particular e adorei a escolha musical (Patrick Watson, Je te laisserai des mots).
Quanto a Alexandra Moura apresentou uma colecção "confortável" e fluida, com um toque natural e tribal. As modelos faziam lembrar gueixas de olhar forte, penteados subidos e mangas largas. 
 
No entanto, linhas direitas e silhuetas clean demonstram simplicidade complementada por alguns detalhes dourados.  O quadrado norteou o trabalho da designer  tanto na simbologia, como na funcionalidade e  na linguagem. As cores em destaque foram o azul escuro, mostarda, bege, preto e branco.

Agora vão ter novidades minhas acumuladas das semanas em que estive ausente. Prontos?

You Might Also Like

0 comentários

Welcome to our website !