Um fim-de-semana negro

By domingo, fevereiro 17, 2013 , ,


Costumo falar quase sempre de coisas boas por aqui. Não escondo os meus momentos embaraçosos, nem deixo de fazer alguns desabafos, mas desta vez vai saber-me bem escrever sobre este fim-de-semana negro e alertar-vos também. Na sexta-feira a minha mãe ligou-me a dizer que não se sentia bem. Pouco tempo depois, apercebi-me que era mais do que isso. Quando dei por ela estava a enrolar a língua e não conseguia falar. Não há tempo para pensar nestas alturas. Chamámos o 112, que a quis levar para o hospital, e fui com ela na ambulância. Nunca tinha andado num veículo destes, e espero nunca mais ter de repetir. Parece que o tempo não passa. Acho que o facto de estar em pânico não se notou, pois o modo piloto automático assumiu o controlo das minhas forças. Foi logo para a triagem e, mesmo tendo "urgente" na pulseira, esperou três horas e tal até ser vista por um médico.  Entretanto, foi melhorando e o neurologista depois de ver a tac escreveu na ficha: "princípio de avc vs ataque de pânico". Prefiro pensar, e acredito, que foi a segunda hipótese. Ela anda extremamente cansada, nervosa e andou assim o dia todo, antes deste episódio. Ficou a noite toda no hospital por precaução e foi um alívio quando, no dia seguinte, a trouxemos para perto de nós. Valeu o susto. Já a minha avó, que sofre de demência e tem estado em nossa casa porque não tem condições para estar sozinha, baralhou tudo nesse dia. Achou que estávamos na casa dela e, por muito que lhe disséssemos o contrário, não saía desse registo. Tudo parecia correr contra nós! Felizmente, as coisas estão a melhorar. A mãe vai ter uma consulta com um neurologista na próxima semana e está normal. Demos-lhe mimos o fim-de-semana todo! Escrever sobre isto é muito difícil, acreditem. Achamos sempre que só acontece aos outros. Andamos adormecidos e nem ligamos a quem nos rodeia. Andamos envolvidos no nosso mundinho e nem vemos o que se passa à nossa volta! Quanto a mim, hoje tenho estado de cama. Acho que me "caiu a ficha", como dizem os brasileiros. Estou cheia de dores de estômago e de barriga. Ainda assim estou feliz, muito, porque a minha mãe está aqui connosco e bem. E isso é tudo o que me importa agora. E vocês, já mimaram a vossa família hoje?

You Might Also Like

19 comentários

  1. E verdade, embirramos por coisas pequenas e por vezes esquecemo-nos de dizer gosto de ti...eu digo muitas vezes amo-te aos meus filhos, aos meus pais ao meu marido...nunca e demais.
    Muita força!

    ResponderEliminar
  2. é verdade, as coisas más nem sempre acontecem só aos outros.
    e todos os dias temos atitudes de que mais tarde nos arrependemos, perante os que mais gostamos.
    as vezes nem um beijo de bom dia/noite sabemos dar.
    mas são pequenos gestos que nos fazem valorizar quem está ao nosso lado, e fazer com que se sinta amado.

    Vais ver que não passou de um susto e que irá voltar tudo ao normal!

    um beijinho grande e o desejo de melhoras
    **

    ResponderEliminar
  3. Oh querida, vais ver que daqui a uns tempos este fim-de-semana não passou disso mesmo : um fim-de-semana negro, e só isso. Pensamento positivo! Vai ficar tudo bem, vai correr tudo pelo melhor e amanhã voltará a fazer sol!
    Beijo enorme para ti e para a tua mãe.

    ResponderEliminar
  4. Tchi que fim de semana, nem imagino a aflição :s

    Força e as melhoras!

    ResponderEliminar
  5. Fiquei aflita agora, senti-me mesmo com o coração apertadinho, e sim até fiz um post do dia de sábado sobre a fragilidade da vida que senti ao ver o meu pai no sábado...
    Espero que a tua mãe recupere e fique tudo bem, as melhoras, do fundo do coração.
    Beijinhos e boa semana

    ResponderEliminar
  6. Querida,
    ler as tuas palavras fez-me reviver um dia que aconteceu quando eu tinha 15 anos. Era o meu pai que ia na ambulância, e também ele não falava, a língua não deixava. Passaram-se 11 anos, a vida seguiu o seu rumo, tudo mudou, mas o meu pai está bem (à sua maneira). Espero que a mãe recupere bem e atenção a todos os avisos.
    Um beijinho.
    Leila

    ResponderEliminar
  7. Minha linda espero que tudo isso não tenha passado de um valente susto e que não se volte a repetir. Foi realmente um fim-de-semana em que muito de mau aconteceu, mas pensa que está tudo a voltar à normalidade. As melhoras para a tua mãe e para ti *

    ResponderEliminar
  8. Infelizmente o mundo é muito mais do que isto e só quem passa por elas é que sabe.
    Sem duvida que é uma situação bastante dificil e espero que a tua mãe melhore com todas as forças minha querida e é sem duvida de louvar a tua coragem.
    Percebo-te perfeitamente, aqui a semana também não foi facil.

    Ps: para descontrair, para alem da fotografia ser o amor da minha vida, adorava conduzir ambulancias é um dos meus sonhos.

    Beijinhos grandes querida

    ResponderEliminar
  9. amei o post! A minha mãe já tem alguma idade e penso sempre que não a vou ter sempre!
    As melhoras da tua mãe!

    ResponderEliminar
  10. :/ Um beijinho enorme para ti... Infelizmente são precisas situações destas para percebermos a insignificância da vida... Força.

    ResponderEliminar
  11. Meu Deus Mia que susto! Nem imagino! Um beijinho grande!

    ResponderEliminar
  12. Bolas!
    Ainda bem que as coisas se resolveram... É complicado gerir uma situação dessas!
    Espero que a tua mãe fique a 100% o quanto antes, beijinhos*

    ResponderEliminar
  13. Hey, nao conhecia o teu blog e gostei muito! Comecei a seguir-te! Segue o meu também!!! http://www.theteenageroyalty.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  14. tenho tanto medo que aconteçam coisas aos meus pais e às pessoas que me são queridas.. compreendo-te perfeitamente. é uma aflição e às vezes deixo-me dominar por pensamentos que coisas más possam acontecer mas não pode ser.. a vida é completamente fugaz, a saúde está sempre em risco, viver é um perigo diário mas também é tão bom.

    Força, vais ver que está tudo bem com a tua mãe. um beijinho

    ResponderEliminar
  15. Que corra tudo bem com a tua familia. Vais ver que foi so um susto.
    Muita força =)
    Rita

    ResponderEliminar
  16. é mesmo isso, pensamos que só acontece aos outros e quando chega a nossa vez, o mundo cai-nos. é sempre tempo de mimar e amar os nossos. força, um abraço :)

    ResponderEliminar

Welcome to our website !