Hoje...

By quinta-feira, novembro 22, 2012

Há qualquer coisa de meigo nesse teu olhar, qualquer coisa que me encanta e me faz quase detestar-te por gostar tanto de ti. Qualquer coisa que tanto me acalma como espevita. Gosto de sentir a tua respiração a aquecer o meu nariz sempre gelado e de adormecer simplesmente nos teus braços. Gosto de contar os meus disparates, as minhas teorias e de ouvir dizer que sou maluca enquanto te ris, com gosto. Gosto de te sentir perto, mesmo que por tão pouco, mesmo que seja tudo tão incerto. Gostava de perceber que raio de autoridade declarou esta nossa distância que nos separa. Que planos terá para o nosso caso? Porque nos fez encontrar? Mas como sempre me dizes, o futuro é só amanhã e aquilo que temos aqui, agora, no presente não merece desperdício. Não seria justo para quem não o tem. O amanhã, além de ser apenas amanhã, tem de certeza um destino para esta nossa complicada história. E é a esse teu olhar, a estes momentos, segundos, a que me agarro por vezes antes de dormir. Sei-te longe, sei-te demasiado longe. Mas hoje não me preocupo com isso.

You Might Also Like

3 comentários

  1. Omelhor é mesmo aproveitar todos os boms momentos lindos sem pensar no amanhã :)

    ResponderEliminar

Welcome to our website !