Um mês cor-de-rosa

By sexta-feira, outubro 12, 2012 , , , ,


Todos, infelizmente, conhecemos alguém que teve ou tem cancro. As formas são variadas, mas é uma doença sempre devastadora. Que arrasa lares e seres humanos com tanta brusquidão que às vezes achamos não ser possível. Por muitos avanços e estudos que se façam, a única certeza que temos é de que a prevenção é a única arma de que dispomos. E a fé, quem a tem. Não olhem para o meu texto como se estivesse a falar de tretas, não ignorem o apelo e os anúncios que enchem a casa neste mês de sensibilização. Não há mesmo melhor remédio do que fazermos um check up regular, do que deixarmos que quem sabe cuide de nós. Eu sei, eu sei que não há tempo! Eu sei que ir ao médico sai caro. Sei que há sempre os miúdos para ir buscar à escola, ou ao treino, o jantar para fazer, a festa de anos do Manel, o almoço de família, a reunião importante. Os outros, sempre os outros...


Este mês cor-de-rosa é dedicado ao cancro da mama. Um tipo de cancro que se encontrado a tempo tem uma taxa de sucesso elevadíssima. Não sei se já viram pessoas viverem com cancro, mas deixem-me adiantar-vos que há poucas doenças tão tristes. As pessoas definham a olhos vistos, ficam baças, amarelas, esqueléticas, envelhecem 30 anos e sofrem, muito. Elas e quem as acompanha. E o que fica da nossa vida atarefada se não chegarmos a tempo? E contra mim falo, que sou uma irresponsável hipocondríaca, com medo de ir ao médico. Fica o compromisso convosco que deste mês não passa (mais concretamente da próxima segunda-feira) e espero que façam o mesmo. É importante alimentarmos hábitos saudáveis, ritmos saudáveis, vidas saudáveis e acima de tudo pararmos para pensar em nós.

You Might Also Like

3 comentários

  1. Nesse aspeto também sou uma irresponsével mas tenho tanto medo destas coisas :(

    ResponderEliminar
  2. Este post está lindo! Adorei as tuas palavrinhas!

    ResponderEliminar
  3. Gostei imenso da sensibilização! =)

    ResponderEliminar

Welcome to our website !