O fim-de-semana que passou: parte II

By terça-feira, outubro 23, 2012 , , , ,



Sexta-feira saí tarde, como tenho saído todos os dias desta nova etapa da minha vida. Não me tem custado, porque dou menos pelo passar do tempo. Se me perguntarem se fico cansada, sim fico. Mas é diferente! É o tal “quem corre por gosto”... Aqui sinto-me mais leve, sinto que concretizo o que idealizo e que vejo resultados. Também tenho os relatórios e as coisas stressantes a triplicar, mas por uma qualquer razão científica não identificada, custa menos. Estava eu a dizer que sexta-feira saí perto das oito e rumei até Norte. Levei o GPS do meu pai, que a custo cedeu emprestar-mo, mas mesmo assim na entrada do Porto consegui perder-me e ir parar perto do Norte Shopping, na ponta oposta. Depois de finalmente chegar ao destino, irritada com tanta hora ao volante e com o mesmo cd, não reparei que tinha a pequena maquineta "mapeante" no colo e levantei-me. Foi assim que o belo do GPS se estilhaçou, bem na frente dos meus pés, numa poça de água. Mas calma, que nem tudo estava perdido. A senhora continuava a falar e a dizer para virar à esquerda, intercalada por um "chegou ao seu destino". Como o ecrã estava partido não conseguia desligá-lo. Deixo com a vossa imaginação o destino que lhe dei, sobre o qual o meu pai adorou ter conhecimento. No dia seguinte, esperou-me uma ida a um casamento algures em Vale de Cambra, bem ao meu estilo: às cegas e sem tempo. Mas sobre isso falamos depois, que amanhã o dia vai começar ainda mais cedo!

You Might Also Like

6 comentários

  1. Gostei do post! Arrancou-me um sorriso :) bj

    ResponderEliminar
  2. Ai, pareces eu, quando menos devia acontecer, é quando tudo acontece! ahah

    ResponderEliminar
  3. Quando era solteira também era assim saía sempre tarde e não me importava nada,mas essa do gps gostei :)

    ResponderEliminar
  4. Ahaha isso parecia quando eu era pequeno e ir para o quarto do meu irmão mexer nas coisas dele, às escondidas, e tudo de estragava sem eu saber bem porquê...

    ResponderEliminar
  5. há dias que uma pessoa não devia sair de casa! *

    ResponderEliminar

Welcome to our website !