Frankenweenie: 30 anos depois, num cinema perto de si

By segunda-feira, outubro 29, 2012 , , ,


A convite da Disney, fui à ante-estreia de Frankeenweenie. Se antes, em 1984 pôs a Disney com os cabelos em pé, hoje já de pazes feitas com o seu realizador, Tim Burton,  o filme tornou-se numa longa metragem com pés, cabeça e muita emoção. É para pequenos e graúdos, disso não sobram dúvidas. Mas é também para quem gosta e percebe a relação com os melhores amigos do homem, através  do cachorro Sparky: “eléctrico”, desvairado e doce.  Ao mesmo tempo, há uma criança diferente, algo deslocada, que vive num mundo que não o compreende por ser curioso, por querer saber mais, e que desafia a ciência. Afinal está o seu amigo de quatro patas em jogo e Victor não se conforma que o levem, desenvolvendo um projecto com o coração no sítio certo. 


Simultaneamente, Burton passa-nos uma crítica a quem abusa dos métodos científicos, que usa conhecimento e tecnologia sem pensar nas consequências. Mas as crianças vão ligar pouco a isso, pois o mesmo é divertido  e apela ao sonho, ao amor e à entrega por quem mais gostamos. É cativante e Burton, a sua equipa e a Disney estão claramente de parabéns num filme com alguma estranheza, típica das películas burtianos, mas misturada e aconchegada pelos sentimentos.



You Might Also Like

7 comentários

Welcome to our website !