Be Delicious!

By sábado, setembro 08, 2012 , , , ,


Há dias que parecem três ou quatro juntos, de tão intensos que são. A ideia era conhecer o novo perfume Be Delicious Eau So intense da DKNY e sentir essa energia no ar, não necessariamente na pele ou no carro. O convite avisava para um calçado confortável e sugeria a ida de táxi, mas resolvi aventurar-me pelas ruas estreitas, cheias de carros e pela escorregadia calçada portuguesa, rumo ao castelo de S. Jorge. O local? Uma casa azul nas escadinhas de S. Crispim, um recanto escondido e perfeito.


Só foi pena a minha turbulenta sucessão de acontecimentos prévios: O parque de estacionamento estava “fechado” pela EMEL e só me apercebi desse facto após a entrada. O senhor do Parque, simpático por sinal, lá me deixou que o carro ficasse na rampa “um  bocadinho”, mal sabendo ele o que o esperava! Pediu-me apenas para encostar mais  o carro. Já a “biatura” resolveu fazer tudo menos obedecer e, literalmente, começou a descair cada vez mais. Homens leitores, em vez de me acusarem de aselhice, justifico que o travei mesmo bem (com toda a minha força!) e que sempre me dei bem com pontos de embraiagem. Já encostado ao da frente, apercebi-me que mais uma derrapagem igual e o caldo estaria entornado. Qual quê? Aceleirei a fundo, já com as mãos transpiradas e os nervos em franja, mas o carro voltou a bater no da frente, levemente. Eis que o senhor do parque veio a correr na minha direcção oferecendo ajuda. Afinal, era o seu carro o alvo do meu. Homens leitores, o carro descaiu ainda mais e empurrou não só o carro do senhor como, no balanço, o que estava à frente do mesmo. Pobres veículos alvos de choque em cadeia aquando estacionados! Felizmente, à segunda, o senhor carregou com toda a sua força no pedal e o carro lá reagiu. A minha sorte foi que, vendo que não havia riscos, ainda se riu da situação. 

Ufa”, suspirei, com a cara afogueada ao máximo mal sabendo que teria que andar a subir ruas íngremes, com os minutos contados e com uma ligeira queda numa rampa. As minhas sandálias, rasas e confortáveis, também fizeram o favor de derrapar! Pura adrenalina, diríamos. Mas este, este era um post para falar da intensidade de um perfume e não da minha vida que dava uma comédia de Domingo.



Usei o perfume Be Delicious há uns anos, porque adoro o aroma. E nestas coisas não vale a pena vir com teorias. Gosto e pronto! Acho-o surpreendentemente fresco e comprei vários frascos. No entanto, embora insistisse, o perfume parecia não fixar e desaparecer passadas algumas horas, após utilização. A versão intensa do perfume ícone Be Delicious amplia agora a concentração de cada elemento da fórmula original, conferindo-lhes mais potência e durabilidade.


Desafio comprovado, fixa impecavelmente e o aroma permanece imenso tempo. Estou de volta ao meu antigo perfume e, vocês, podem igualmente regressar a um clássico renovado já a partir da próxima semana, cedendo à tentação da maçã pecadora. Sejam “Delicious”!   
   

You Might Also Like

7 comentários

  1. Sobrinhita...fartei-me de rir da peripécia e até te via toda encalorada a subir a rampa...gostei da descrição, claro...porque podia estar mais fresquinho e passavas melhor, um beijo grande, a Tia não sabe publicar sem ser anónimo, mas sabes quem sou. Ainda vou-me debruçar um dia sobre isto de publicar com o nome...sei láaaaaa...a Tia. Adoro as tuas descrições.....

    ResponderEliminar
  2. Que azar com as derrapagens, 1º o carro depois as sandálias.
    O que vale é que depois tudo valeu a pena ;)

    ResponderEliminar
  3. Fotos sugestivamente lindas de um dia bem passado!
    Beijos,

    ResponderEliminar
  4. Adoro!!!!!
    É um dos que estou a usar, sim também é um dos favoritos*
    :D

    ResponderEliminar
  5. Muito giro!

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

    ResponderEliminar

Welcome to our website !