O princípio de um closet à Sarah Jessica Parker…

By quarta-feira, maio 16, 2012 ,

Se têm acompanhado o meu blogue, sabem que, se há pessoa despassarada, distraída e desorganizada, essa pessoa sou eu! Sim, sou aquela que escreve vinte notas em cadernos diferentes e que anda sempre a ver se as encontra, o que raramente acontece; aquela que troca de roupa pelo menos 4 vezes de manhã, porque nunca encontra o que quer; que, depois da azáfama matinal, pensa que vai passar a escolher a roupa à noite, mas que se esquece sempre de o fazer. Em suma, sou uma pessoa que encara a desorganização como uma característica inata. Por isso, quando a VS Organizar entrou em contacto comigo, não pude evitar um sorriso irónico. Organizar o meu roupeiro? Claro, mas não me responsabilizo por danos psicológicos! Gosto de pensar que a Vanda e a Sofia me conheceram na minha versão au naturelle, porque apanharam o meu roupeiro num estado quase de guerra e, além de ter chegado atrasada à minha própria casa, vim a pingar porque me esqueci do chapéu-de-chuva. 
Engenheiras de profissão, cedo sentiram necessidade de atribuir um rumo orientado às suas vidas. Deparam-se então com o “bicho”- território que a minha empregada há vários anos não ousa pisar - e, estranhamente, não mostraram medo (ou então disfarçaram bem). A Vanda, num estilo prático, que me pareceu ser-lhe característico, disse: “Mia, tu usas isto tudo?”. Parece óbvio, mas a tralha é um dos primeiros entraves a um closet usável e nós tendemos a guardar tudo! A verdade é que a ínfima probabilidade de virmos a utilizar as peças, a longo prazo, é mais rentável se estiver fora do caminho. 
As peças principais não só devem ser as destacadas como devem estar ao nosso alcance. A organização deve facilitar-nos a vida e, se 5 minutos à noite custam a arrumar, de manhã vinte ou trinta custam muito mais a procurar.  
A Sofia dividiu-me o roupeiro por zonas e procurou saber as peças que mais uso no meu dia-a-dia tornando, assim, o meu espaço funcional. Depois disse-me: “é uma questão de hábito”. E por acaso, acho que é mesmo, porque o meu roupeiro, passado um mês, mantém-se por cores e acessível. Já nem gosto de ver os cabides tortos! Comecei a valorizar mais a frase que o meu pai tanto me dizia quando me esquecia de alguma coisa “é tudo uma questão de organização!”.
Curiosa como sou, acabei por massacrar as autoras do meu roupeiro arrumado com uma entrevista. Podem também seguir as dicas que diariamente colocam no seu facebook, aqui.

1) Em primeiro lugar, falem-me um pouco sobre o vosso percurso de vida.
Somos formadas em Engenharia e durante mais de 10 anos dedicamo-nos à implementação de sistemas de gestão da qualidade nas empresas. Ou seja, organizávamos as empresas para satisfazerem os requisitos de determinadas normas, com o objectivo de serem certificadas.

2) Como surgiu este projeto? O que consideram determinante no vosso percurso?
Somos mães, mulheres, donas de casa e profissionais dedicadas à nossa carreira. Temos as mesmas dificuldades de qualquer pessoa activa e cedo tivemos que desenvolver as nossas estratégias de organização para conseguirmos conciliar todas estas tarefas, que são muito exigentes a nível emocional e consumidoras de tempo.
Devido à nossa formação e experiência profissional começamos a gerir a nossa casa como se tratasse de uma empresa, aplicando as metodologias de organização que implementávamos nas empresas. E resultou tão bem connosco, que quisemos partilhar este conhecimento com todas as pessoas que tenham necessidades semelhantes às nossas. Daí resultou o conceito em 2011 – Organizamos a sua vida.

3) Onde esperam que este projecto vos leve? O que pretendem alcançar com ele?
Queremos ajudar pessoas e empresas a organizarem-se, de forma a conseguirem atingir os seus objetivos, com menos recursos. Acreditamos que o nosso trabalho poderá contribuir de forma positiva, para juntos ultrapassarmos a crise financeira em que Portugal se encontra. Pretendemos ser uma referência a nível nacional de consultoria de organização e pretendemos criar a associação de Personal Organizers em Portugal. O nosso objetivo é sempre centrado na nossa realização profissional, porque estamos a fazer o que gostamos e a sentir que o nosso trabalho é reconhecido e acresce valor na vida das pessoas.

4) No fundo propõem-se a facilitar a vida das pessoas. Há algum lema que vos inspire neste sentido?
Ajudamos pessoas  na sua  organização pessoal, doméstica e profissional. Desde o acompanhamento dos seus objetivos pessoais e estratégicos, à gestão das suas agendas ou à organização dos seus espaços.  A organização e um bom planeamento traduzem-se em tempo e dinheiro. Eliminam o stresse, fazem com que as pessoas sejam mais eficientes, tracem um rumo e atinjam mais facilmente os seus objetivos. Enfim, tornam as pessoas mais felizes, para aproveitar e viver a vida.

5) Aqueles que falam de um caos controlado não são organizados, certo?
Certo. Na nossa opinião, fundamentada através da nossa experiência, serve de desculpa, para não assumir a necessidade de organização.

6) Ser organizado é um hábito. Por onde se começa?
Inicialmente deverá ser feito um planeamento ao nível da organização de tempo, organização espaços e organização de trabalho. Depois de identificadas as necessidades e os recursos é partir para a ação, com muita disciplina.Começa-se pelas tarefas mais elementares como seja a definição de um lugar para cada objeto ou documento, esse lugar deve ser próximo da necessidade.Mais vale perder um minuto a arrumar as chaves do carro no seu lugar, do que perder horas à procura delas!

7) O vosso foco está na gestão da pessoa ou na gestão do tempo da pessoa?
Muitas das pessoas que nos contratam sentem que não controlam o seu dia-a-dia, porque estão sempre atrasadas para o próximo compromisso  ou tarefa, estão assoberbados de trabalho e lutam por conseguir um equilíbrio entre a sua vida pessoal e profissional.Portanto o nosso foco é a gestão da pessoa, com o objetivo de dar tempo para o que ela mais valoriza na sua vida.
12 de Junho às 18H30: Vamos Organizar o Roupeiro, workshop no Dolce Vita Tejo. Eu vou, quem se junta a mim?

You Might Also Like

20 comentários

  1. Nem de propósito!!! Hoje a minha manhã foi dedicada à arrumação do closet!!! E sim, também sou completamente assim, não me consigo organizar, ou melhor, gosto de acreditar que há uma organização dentro da desorganização das coisas à minha volta! E tal como tu, passei anos a ouvir também do pai: "é tudo uma questão de organização!" loool =)))

    ♥ C.

    http://lifelovers1.blogspot.pt/2012/05/diary-15052012.html

    ResponderEliminar
  2. Que projecto giro!
    Iria precisar de uma intervenção dessas no meu roupeiro...
    Adorava ir mas estou longe..!
    Aproveita o workshop e depois conta tudo!!! ;)
    S.
    A COZY BOX

    ResponderEliminar
  3. Gostei muito deste post, eu volta e meia dou uma arrumação no meu :)

    ResponderEliminar
  4. Eu volta e meia tenho o hábito de dar uma organizadela ao meu roupeiro e, ainda bem, senão quando desse conta, não havia nada organizado!

    Adorei este post e elas fazem realmente um bom trabalho!

    ResponderEliminar
  5. que boaa iniciativa!
    eu também tinha um grande problema de organização no meu roupeiro e só quando mudei de casa e comprei um novo e uma cómoda é que pensei "casa nova, vida nova!" e lá andei a procurar estratégias de arrumação, agora tenho sempre tudo arrumadinho e à mão =) e acabou-se a confusão matinal de procurar a roupa que quero =) é mesmo uma questão de hábito.
    Ainda bem que tiveste ajuda preciosa de quem percebe do assunto, eu demorei imenso tempo a conseguir sozinha =)
    beijinhos*

    ResponderEliminar
  6. Adorei! Preciso de uma personal organizer também, rs.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  7. Adorei o post!!
    Tbm sou desorganizada com o meu armário durante a semana mas nos finais de semana eu tento sempre organizar pra não acumular!!

    Bjbj

    ResponderEliminar
  8. Ótimo post! Estou precisando de um workshop desses! Também sou super desorganizada com meu roupeiro. É brabo, né? :\
    Beijos
    Gi

    ResponderEliminar
  9. Que gato gorducho tão lindo... :)

    Quanto à engenharia do roupeiro, parece-me uma excelente ajuda. Uma pessoa perde-se no meio de tudo o que tem.

    ResponderEliminar
  10. Parece bem giro esse workshop...

    bjs
    SUNRISE, autora do blog THE NEW BLACK IS

    [https://www.facebook.com/TheNewBlackIs
    http://newblackis.blogspot.pt/]

    ResponderEliminar
  11. Se precisarem também percebo da organização dum closet, posso até ensinar como se parte para uma organização seja do que for. ( closet, despensa, frigorífico, armários seja de que tipo for...)
    Tudo tem que começar numa lógica de prioridades e num método de arrumação.
    Depois é organizar com gosto e vontade.

    ResponderEliminar
  12. Quem me dera ter tanta roupa para desorganizar e voltar a organizar (: ficou mesmo arranjadinho!

    xoxo

    ResponderEliminar
  13. txii inda me lembro de pintar essas bolinhas no teu quarto...beijinhos!

    ResponderEliminar
  14. quando fizer o meu closet tenho que organizar aquilo muito bem organizadinho para caber lá tudo!

    ps. que gato tão lindo, tão gordinho ;)

    ResponderEliminar
  15. que fantástico e que coincidência maravilhosa - tenho um post do género preparado para breve!
    adorei as tuas ideias e adoraria ver o resultado final!
    és uma inspiração para mim!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  16. ai que jeito que isso me dava :)

    ResponderEliminar
  17. Óptimo projecto :)

    Beijinho,
    Kitsune Sucrée.

    ResponderEliminar
  18. adorei queria
    umas aq comigo
    me indentifiquei
    muito com vc kkkkk

    Um Kisu da Liliane
    http://dubalaiochic.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar

Welcome to our website !