Desencontros do coração

By sexta-feira, março 30, 2012

Há coisas que muitas vezes nos custam digerir, lutamos, esforçamo-nos até percebermos que não há volta a dar. Há simplesmente pessoas que, como escreveu algures Edson Athayde, vão permanecer no nosso coração, mas não na nossa vida. Conviver com isto é mais difícil do que parece. Aceitar que as pessoas mudam, que vão por caminhos diferentes, e que aquela pessoa com quem um dia a nossa vida se cruzou, não vai mais sorrir para nós da mesma maneira, abraçar-nos com a mesma força, olhar-nos com a mesma cumplicidade. Resta um processo de aceitação que nem sempre é fácil, um convencimento reticente de uma sensação de impotência e por fim uma percepção de que, pelo menos, do nosso coração já ninguém as tira. E, por vezes, é mesmo melhor assim.

You Might Also Like

20 comentários

  1. Não teria dito melhor... E olha que disto percebo eu ultimamente!

    http://thegirlwiththegoldenshoes.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahah! Então já somos duas querida! beijinhos

      Eliminar
  2. Partiste-me o coração Mia :'( as palavras, quando escritas com sinceridade, têm um poder inestimável... Mas é mesmo assim: no coração há sempre espaço para todas as pessoas que passaram pela nossa vida, e isso é sempre positivo, ainda que possa não parecer por agora :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ;) obrigada querida! sim às vezes só mais tarde nos apercebemos... beijinhos

      Eliminar
  3. Que palavras mais verdadeiras! Acho que eu não conseguiria traduzir este sentimento melhor do que você fez! Parabéns! E a vida é assim mesmo... infelizmente (ou não).
    Beijos!

    ResponderEliminar
  4. Palavras verdadeiras, beijinhos e um ótimo domingo,

    http://www.descontraidas.com/

    ResponderEliminar
  5. Nossa, esse texto caiu como uma luva para mim.
    Estou exatamente em uma situação assim, perdi duas pessoas queridas, uma pela morte e outra pela vida mesmo.
    Obrigada por essas palavras.
    Beijoos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. que pena Adriana, pelas tuas perdas... muita força! Não tens nada que agradecer... beijinhos

      Eliminar
  6. Sentimentos tão verdadeiros que até parecem tirados de um livro... não poderias ser mais explicita com a situação...

    ResponderEliminar
  7. nem mais. sábias palavras :). boa semana!

    ResponderEliminar
  8. Ohh sorry!Mas é que eu adoro crepes e então não resisto :P

    Adorei este texto *.*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hehe fifi! não faz mal! :) ainda bem que gstaste...

      Eliminar

Welcome to our website !