Pure inspiration

By terça-feira, janeiro 10, 2012


Mania ou não, desde pequena, nunca gostei que me imitassem! No meu núcleo de amigos nunca houve qualquer problema. Era tido como normal seguirmos tendências. Tínhamos uma espécie de quadro de honra que nos autorizava a seguir estilos e, inclusive, a partilhar roupas e gostos. É normal fazê-lo,  longe das idiotices da adolescência! De certa maneira, todos nos inspiramos uns nos outros em determinados aspectos. Até o riso fica parecido quando convivemos muito com alguém, ou o sotaque. Eu venho sempre do Norte com uns quantos: “O quêee?”. Porém, inspirar não é seguir tudo para se ficar igual. É ter ideias e concretizá-las naquilo que tem que ver connosco, que nos identifica. É isso que faço no meu estilo, por exemplo. Inspiro-me em vários sítios, mas só uso aquilo com o qual me sinto bem, só uso aquilo que encaixa na minha instável personalidade. É normal inspirarmo-nos em quem gostamos. É normal seguirmos quem gostamos. Mas é completamente anormal viver-se a tentar seguir os outros. Não ter ideias próprias. Embora me dissessem que era bom sinal, já que era indicativo de que as pessoas seguiam o nosso exemplo, nunca fui muito na conversa. Eu? Exemplo de alguém! Claro! Até que chego ao mundo da blogoesfera e deparo-me com pessoas que têm blogues que são autênticas fontes de armazenamento. Desde imagens, a textos e  frases iguais. Imagino, se já me custa tanto ser eu, o que não deve custar tentar ser os outros. Imagino o que não deve cansar encontrar uma verdade, uma identidade no meio de tanto fingimento!

You Might Also Like

8 comentários

  1. Pode ser irritante sermos alvo de imitação, mas no fundo, tenho é pena é de quem imita. Ao menos tu és real, as outras pessoas nem isso conseguem ser. Já viste o frustrante? *

    ResponderEliminar
  2. Olá,
    sim... é verdade sermos NÓS PRÓPRIAS é mt difícil. Para mim acho que n. Se sou repetitiva para alguns peço desculpa mas, estou há pouco tempo por aqui, nos «blogs» mas...é claro as minhas ideias e o que escrevo, é do que sinto, sou ou faço. Até posso dar a tal «dica» mas...n sei se já foi repetida. : (
    Hj td é complicado, as pessoas, as ideais, todas as pessoas querem ser aquilo q n são são e imitam. E qd o fazem azem mal...por isso eu já disse...tb...SEJAM VOÇÊS MESMAS!

    Bj gostei imenso do teu texto.

    Fica bem

    ResponderEliminar
  3. Concordo com o que disses. Hoje em dia existem pessoas que tentam imitar a vida dos outros em tudo! Que vida tão frustrante devem ter para não saberem viver as suas próprias vidas. Beijinho

    ResponderEliminar
  4. verdade... custa muito mais ser os outros que nos próprios :)

    ResponderEliminar
  5. NOVO POST NO MEU BLOG : bay-ifyouhavetocrygooutside.blogspot.com/2012/01/gata-que-mia-nao-arranha.html
    Fico a TUA espera .

    ResponderEliminar
  6. haha I see what you did here ;) Gostei imenso Mia :) Deste bem a volta à coisa :D O NOSSO CAFÉÉEE?? =P

    ResponderEliminar
  7. é verdade Rute! Tens toda a razão! Obrigada!

    Sim LOL aos 40, é normal que nos inspiremos uns nos outros! Mas consecutivamente, é demais ;) Enfim...

    Ainda bem que percebes Daniel!

    Mesmo Juicy! Eu sei que não devia mas irrita-me mesmo!

    ;) Pois é Palco do Tempo!

    Obrigada Bay!

    ahaha minha querida Catarina! Eu sei que percebes e sabes do que falo... grrr! Está marcadíssimo!

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Welcome to our website !