O meu nome do meio

By quinta-feira, janeiro 05, 2012 ,


Se a sondagem  fosse sobre qual o meu nome do meio, tenho a certeza que, à boca das urnas ou não, a margem de erro seria perto de zero. Poucos hesitariam em dizer “precipitada” e / ou “desastrada”. Contudo, a precipitação é uma consequência dos meus desastres diários. Hoje estive o dia todo a escrever no word uns textos  e a colocar imagens já recortadas para passar para apresentação de powerpoint. Estava contente com o meu trabalho porque as palavras tinham-me saido bem e estava tudo quase pronto para a reunião de amanhã. Claro que a precipitação falou, novamente, mais alto e, com a pressa de fechar os documentos para ir estudar, fechei o documento sem gravar. Uns segundos depois pensei: “espera lá em que nome é que ficou gravado?”, mas a pergunta deveria ter sido “qual foi a tua ideia de não gravares? (e umas quantas palavras insultuosas)”. O documento fora-se. E por culpa de quem? Pura e exclusivamente minha. Ou seja, não só perdi o trabalho de um dia, como um bom trabalho, como também vou perder algumas horas de sono a ter tudo pronto a tempo de amanhã.

You Might Also Like

6 comentários

  1. Já me aconteceu exactamente o mesmo tirando o facto de já estar a fazer noitada para o trabalho e ser de projecto (só a cadeira mais importante de arquitectura). Truque: respirar muito fundo e beber chá - a segunda vez é mais rápido :)

    ResponderEliminar
  2. isso já me aconteceu uma data de vezes e é HORRÍVEL. é que para além de uma pessoa ficar super enervada/stressada com a situação, eu ainda fico sempre com a sensação que não está a mesma coisa. é péssimo mesmo :|

    ResponderEliminar
  3. :( Que horror.
    Já me aconteceu exactamente o mesmo. Mas na altura, além de me insultar aos gritos, decidi dar-me um estalo. Como tinha um anel enorme e lentes de contacto colocadas, fiz um corte na córnea. Depois de uma semana de olho tapado e muitos medicamentos, a ferida cicatrizou.
    Já lá vão três anos e esse dia mudou a minha vida. Deixei de usar lentes e tenho que ter imensos cuidados... foi por um triz.
    É como diz a Catarina: respira fundo!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  4. Oh....como eu te compreendo!
    E eu que passo o tempo todo nas imagens e se escapa uma? Onde está? E agora?
    É HORRIVEL!!!!!!
    Não há comentários.
    Acontece.
    : (

    Bj e...SALVA

    Fica bem

    ResponderEliminar
  5. Querida Catarina! As tuas palavras inspiraram-me porque de facto foi mt mais rápido. Lembrava-me das coisas enquanto refazia! ;) Obrigada!

    Pois é FME tb senti que estava mt pior! Mas olha foi o possível! :) Obrigada

    Menina Lamparina! Que horror!!!! Ainda eu me queixei! Mas de facto, vontade de me "estalar" não faltou!

    MESMO lol aos 40! Ainda bem que vocês me percebem! enquanto me lembrar disto pelo menos vou guardar tudinho!

    Obrigada Telma!

    Um beijinho a todos!

    Mia

    ResponderEliminar

Welcome to our website !