São os caminhos que nos ligam, li na capa de um mapa

By segunda-feira, novembro 14, 2011 ,



Não sei explicar, mas cada vez mais me convenço que as coisas acontecem por uma determinada razão. Não estou a falar de destino embora ande lá perto, mas as coisas fazem sentido: Encaixam, ligam-se, num puzzle onde ainda há muitas peças por encontrar, e muitos pontos de interrogação por desvendar.

Everything happens for a reason, diz-se, e não creio que a minha imaginação hiperactiva me arranje tantos motivos para tantas coisas se conectarem. Acredito que somos ligados uns aos outros neste mapa de caminhos chamado vida. E nele não há gps, embora isso só traga adrenalina, risco e emoções fortes.

Conheci uma das minhas melhores amigas porque ela ía fazer um trabalho de grupo com uma pessoa (com quem nunca mais fez trabalhos de grupo!), que por sinal eu conhecia embora não visse há anos, e porque estava a ir almoçar com um amigo (e foi a única vez que almoçámos!).  Por mera coincidência, o metro avariou e estávamos no mesmo sítio à mesma hora. Hoje gostamos de contar a nossa história, porque achamos que ela nos faz maiores e porque reforça a credibilidade do que nos une, não que precisemos de histórias para isso. 

You Might Also Like

5 comentários

  1. Nós somos a prova que tudo acontece por uma razão minha querida e havemos de ter 60 anos e contar isto aos nossos netos ;) Ly

    ResponderEliminar
  2. as coisas que estão destinadas a acontecer acontecem, dê a vida as voltas que der. O destino está escrito, nós atrasamo-lo ou apressamo-lo.

    ResponderEliminar
  3. Na vida há coisas que são supostas acontecer e outras nao, tal como nas relações entre amigos ou namorados, há coincidencias que fazem com que a relação funcione ou nao!

    ResponderEliminar
  4. isso arrepia-me! Não gosto nada de pensar que já existem coisas definidas!

    ResponderEliminar
  5. Ana, eu também acho que sim! ;) M2

    Gio, concordo ctg! ;)

    Pois Vicente, não sei, mas que há coisas que parecem encaixar na perfeição isso há!

    Sinceramente, eu tb não e acho que não se trata de estarem definidas, mas simplesmente de terem um motivo para acontecer.

    Beijinhos a todos

    ResponderEliminar

Welcome to our website !