Um lugar

By segunda-feira, agosto 01, 2011


Há um lugar onde fazemos sentido. Um lugar que é nosso e como tal de mais ninguém. Um lugar que nos marcou e marca em todos os tempos verbais. O nosso lugar. Todos temos um, ou vários. O meu, talvez por força do hábito, talvez porque por lá dei alguns dos passos mais importantes da minha vida, talvez por nenhuma razão senão a emocional, é no Sudoeste Alentejano.

A fusão da paz e calma alentejana, contrastante com a minha postura em vida quase sempre frenética e para alguns enervante, com o mar. Adoro água, adoro o azul daqueles lados, adoro a conjugação de memórias que aquelas praias (banais para a maioria) me trazem. O cheiro, os sons, o encanto do barulho dos grilos. Coisas simples, mas para mim especiais.


Agora estou de regresso a casa, a uma casa onde há sempre tantas vozes e tanta desarrumação e onde agora só oiço o meu eco. Não que ande por aí a falar sozinha, entenda-se. Mas essa vai ser a minha batalha no mês de Agosto, habituar-me ao silêncio. 

You Might Also Like

5 comentários

  1. Também eu adoro o Alentejo...e adorei este post.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Então percebes do que falo :) Fico contente Sofia! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Percebo do que falas :) Sinto-o na perfeição.

    ResponderEliminar
  4. Vou fugir para lá outra vez amanhã! ;)

    ResponderEliminar

Welcome to our website !