Lie to me

By sexta-feira, julho 15, 2011 ,


Ontem o dia foi para esquecer. Depois de ter uma semana das piores dos últimos tempos, ainda me rebocaram o carro. Ao menos o mal vem todo de uma vez, e assim depois é um alívio. E porquê, perguntem-me. Porque o ticket voou (é daqueles que valem uma semana) e eles não o viram no chão. Certo, não têm obrigação de ver, mas quando lhes mostro o talão, não era de dizerem “pronto, desta vez passa!”? Eu sei que tem que estar à vista, mas eu comprei-o, tinha-o lá, não fugi à lei. Que raiva, tive que pagar logo ali 105 euros. Entretanto, como se não bastasse apanhei quatro horas de trânsito para o festival e perdi The kooks, que fúria! Estou a ver que o meu orçamento deste mês está a caminhar vertiginosamente para um terreno problemático, com tantas horas de pára-arranca.

À saída do festival ainda tive que apanhar uma operação stop. Vá lá, sou uma condutora 100 % Cool porque  não consumi alcóol. Mas com os meus azares ainda eles viam algum problema na “biatura”.

Fora estes percalços foi muito giro e, embora hoje esteja a trabalhar, logo à noite há mais e vou tentar um caminho alternativo para não apanhar muitas filas! Sei que estamos todos ansiosos por Portishead e por Arcade Fire, mas olhem que as bandas nacionais de hoje são brutais. Noiserv, The legendary Tigerman e Johnwaynes:


P.s Estou viciada no Lie to me.  Dou por mim a estar mais atenta às pessoas, aos gestos, ao olhar, à postura. Claro que sei que estas coisas não são automáticas e que há muitas coisas que parecem uma coisa e são outra, por isso devemos ter cuidado para não imprimir interpretações precipitadas. Porém, apercebi-me cada vez mais como toda a gente mente à nossa volta, ou para ser agradável, ou para ser mais fácil dizer qualquer coisa, ou porque fica melhor uma mentira piedosa do que ser sincero. Já tenho mais armas para não cair nas ratoeiras!

(Podiam era fazer-me acreditar que o dia de ontem foi mentira! Eu acredito, a sério! ) 

You Might Also Like

0 comentários

Welcome to our website !