Eu minhoco, tu minhocas, ele minhoca...

By quinta-feira, junho 09, 2011 , ,



Hoje sabe-me a sexta, até o meu corpo acordou cansado como se fosse aquele último tenebroso dia da semana, desesperado por horas de sono e por pensamentos pouco elaborados. Agradecia era que o tempo melhorasse um bocadinho, porque visto que não vou ter férias propriamente ditas, gostava de aproveitar os fins-de-semana de praia e piscina para não ficar albina, pelo menos mais do que já estou!

Ontem utilizaram uma expressão para se referir às minhas invenções e dúvidas existenciais: minhocar. Adorei-a e vou apoderar-me dela! A verdade é que passo a vida com “minhoquices” e a pensar sobre tudo e mais alguma coisa, sobre o que devo ou não fazer, sobre se eles pensam bem ou não de mim, sobre se fica bem ou não fazer, e às vezes devia deliciar-me mais simplesmente por não querer saber. Acho que tenho que aprender a dar menos significado e importância a algumas coisas. “Dançar, continuar sempre a dançar. Não perguntes porquê. Não te ponhas a pensar no sentido das coisas. O significado pouco ou nada importa. Se começares a pensar nisso os teus pés ficam bloqueados.” (Haruki Murakami – Dança, dança, dança).

Boa pseudo sexta-feira!

You Might Also Like

0 comentários

Welcome to our website !